Assistir Pornografia Transforma Você em um Psicopata?

Contribuição de Andrew Love

Em primeiro lugar, por favor, entenda que as táticas de intimidação são tão úteis quanto a apatia. Ambos nos forçam a um estado de contraprodutividade de maneira não natural.

Não é isso. O High Noon não acredita em assustar as pessoas pela cultura do medo. Deixamos isso para a grande mídia.

Dito isto, às vezes a verdade é um pouco assustadora e, para evitar discutir as várias facetas de questões complexas, a nosso ver, irresponsável. Isso nos leva a um estudo recente que foi lançado com algumas descobertas muito interessantes.

Como muitos de vocês podem imaginar, o que absorvemos por meio de nossos olhos e ouvidos desempenha um papel importante no que consideramos como normal ou até saudável. A repetição promove a normalização até que se torne uma expectativa. O interessante é que, com a pornografia na internet, estamos lidando com a questão de como a fantasia está perturbando a realidade do dia a dia das pessoas. Se vemos algo muitas vezes em uma tela em alta definição, isso parece ter um impacto profundo em nossas expectativas, quer o reconheçamos ou não.

Você gostaria de alguns exemplos? Que tal o número disparado de cirurgias plásticas na última década para ajudar a criar “vaginas de grife” ou que tal a nova mania de homens que injetam ácido em seus pênis para aumentá-los?

Todas essas são novas tendências. Oferta e procura. Mas de onde vem a demanda? Vou te dar um palpite…

Então, vamos voltar a este artigo que mencionei, porque é uma ótima visão de como o reino da fantasia está remodelando a experiência humana e como a pornografia, em particular, está dando origem a alguns padrões nada saudáveis ​​na psique humana.

No estudo intitulado “O Lado Negro da Internet: Evidência Preliminar para as Associações de Traços de Personalidade Obscura com Atividades Online Específicas e Uso Problemático da Internet”, 772 estudantes da Universidade Turca entre 18 e 28 anos responderam a uma pesquisa que foi projetada para descobrir se havia alguma conexão entre traços de personalidade obscura, como narcisismo, sadismo, etc. e o que foi denominado ‘uso problemático da internet’ ou (PIU). Basicamente, este estudo queria saber, passar seu tempo assistindo pornografia faz com que você seja mais… hm… como posso dizer… psicopata?

Vejamos o que o estudo descobriu. Lembre-se de que há muito espaço para mais pesquisas e que essas são descobertas iniciais. Embora nós do High Noon não precisemos de mais nenhum convencimento de que a pornografia não é saudável para nossa mente/espírito/coração, é importante que a ciência esteja se empenhando para fornecer evidências empíricas suficientes para os membros restantes da sociedade que ainda não estão a bordo.

O Estudo

Existe algo chamado “Tríade Sombria” (que é um ótimo nome para uma trindade de supervilões), que aparentemente são três traços sombrios que os pesquisadores têm se concentrado na última década. Estes três traços são: maquiavelismo, psicopatia e narcisismo. Incorporamos todos os três traços em pequenas doses no dia a dia, mas são extremamente tóxicos tanto social quanto psicologicamente.

Definições

  • Narcisismo: presunção, domínio, direito autointitulado
  • Maquiavelismo: Manipulação, enganação, ambição
  • Psicopatia: impulsividade, imprudência e mais notável baixa empatia

O narcisismo está ligado ao uso problemático das redes sociais e ao uso problemático de jogos online (Instagram, alguém ???).

O maquiavelismo está conectado ao uso problemático da mídia social, trollagem em jogos online e autopromoção.

A psicopatia está ligada a comportamentos anti-sociais online, como cyberbullying, trollagem online, perseguição cibernética de parceiro íntimo, bem como jogos violentos de videogames. Além disso, psicopatas e sádicos podem tentar satisfazer os impulsos sexuais online e viver suas fantasias.

No estudo (link abaixo), ele fornece mais detalhes sobre como cada um desses traços se manifesta nos comportamentos online dos participantes. Por favor, leia o artigo se você quiser.

Uma ótima maneira de olhar para todo este problema é esta:

Imagine que houvesse um homem chamado Glenn.

Agora imagine que sempre que Glenn tinha um dia difícil no trabalho, entrava em uma briga com a esposa ou sentia a apatia geral que acompanha a vida moderna, ele saía de casa e dirigia por aí com seu carro procurando gente nua.

Digamos que Glen tentou encontrar pessoas trocando de roupa, tomando banho ou tendo momentos íntimos com seus cônjuges. Ele só precisava ver pessoas nuas, do contrário não se sentiria bem com a vida novamente.

Você diria que talvez Glen tivesse um problema? Ele definitivamente precisaria de ajuda. Isso não é um comportamento saudável ou mesmo remotamente justificável. Se alguém como Glenn precisasse encontrar dezenas de pessoas nuas na vida real apenas para se sentir feliz, poderíamos supor com segurança que eles carregam algumas das características acima.

Mas isso é apenas a internet, e assistir pornografia não é a mesma coisa que ser um ‘bisbilhoteiro’, certo? Alguns fariam esse argumento, mas o problema com o qual Glenn está lidando continua o mesmo. Quando ele não se sente bem, ele procura a nudez das outras pessoas, sua sexualidade, para se sentir melhor.

O High Noon está aqui para você. Estamos todos envolvidos porque realmente nos importamos. Quando surgem tempos difíceis, queremos ajudá-los a buscar soluções em vez de evitá-los. Depois de ler sobre a “Tríade Sombria”, tenho certeza de que você viu partes de si mesmo em cada um desses traços. Podemos facilmente nos treinar para entrar em hábitos autodestrutivos. Mas, por favor, entenda que quebrar esses maus hábitos e substituí-los por hábitos altamente produtivos é extremamente possível!

Queremos ajudá-lo a criar hábitos para que possa aumentar sua integridade sexual.

Lembre-se, estamos apenas a um email de distância.

Aqui está o link para o artigo.

 

Related Articles

Responses