Ser Aberto Sobre Minha Dificuldade Me Ajudou a Deixar a Pornografia para Sempre

Comecei a consumir pornografia aos 15 anos de idade.

Por causa da pornografia, eu tive muitos problemas, mas o maior deles, para mim, era o fato de eu não conseguir orar e falar com Deus honestamente. Toda vez que eu orava, me sentia muito envergonhado. Esse problema, também, me impedia de falar honestamente com meus pais, irmãos, e amigos da igreja. Com o tempo, comecei a me sentir sozinho, sentir que era diferente dos outros jovens da nossa igreja, e que não queria mais estar na igreja.

Entretanto, ao ouvir as apresentações do High Noon, aprendi que a pureza não é algo que se perde, mas é algo que eu posso nutrir. A partir daí, me determinei a começar a ser honesto com meus pais. Através das conversas que tive com eles, pude sentir o amor de Deus e que Ele queria me ajudar, mas eu não estava abrindo meu coração para Ele. Depois disso, a primeira mudança que senti foi conseguir orar a Deus honestamente e que o relacionamento com meus pais e irmãos se tornou mais próximo.

Através dessa experiência, aprendi que a pureza é a raiz do relacionamento com Deus e com as outras pessoas. Também, aprendi que a pureza não significa que eu não deva saber sobre problemas sexuais. Significa que eu tenho que ser capaz de me abrir com Deus mesmo que eu cometa erros. E finalmente, aprendi que não importa quais erros cometemos, Deus está sempre nos esperando e Ele sempre nos amará. Não temos que ter medo de abrir nossos corações para Deus.

Consegui deixar a pornografia há mais de um ano, mas ainda estou trabalhando na minha integridade sexual todos os dias.

Related Articles

Responses